Skip to Store Area:

Tudo sobre pneus

 

Tudo sobre Pneus

                                                                     Retroceder

Tudo sobre pneus

1. Definição 
  
2. Constituição
     
3. Classificação

4. Principais funções

5. Como ler um pneu
   
 

 

1. Definição Topo

 Para a maioria de utilizadores define um pneu como um objecto que é normalmente preto, feito de borracha e tem um buraco no centro, mas na realidade um pneu é algo mais complexo. Para a maioria de utilizadores define um pneu como um objecto que é normalmente preto, feito de borracha e tem um buraco no centro, mas na realidade um pneu é algo mais complexo. Um pneu é um composto, isto é, uma união de materiais com propriedades muito diferentes, cuja confecção exige uma grande prescisão.



2. Constituição Topo

Um pneu é constituído pelos seguintes semi-acabados :

 Estrutura pneu Confort Auto 1

  A banda de rodagem

 2

  Flancos

 3

  Aros de talão

 4

  Carcaça

 5

  Lonas de reforço

 6

  Capa de borracha

1.  Banda de Rodagem

A banda de rodagem é disposta sobre as lonas de reforço, é a parte mais visível do pneu. Esta parte do pneu, que receberá as esculturas, ficará em contacto com a estrada e tem como como funções oferecer um bom desempenho em pista seca e molhada, transmitir uma boa condução, ter baixa resistência ao rolamento, baixo nível de ruído, além de uma estética agradável. Na área de contacto com o solo, a banda de rolamento tem que resistir a esforços muito importantes. A mistura que a constitui deve ser aderente em todos os tipos de solos, resistir ao desgaste, à abrasão, e aquecer o menos possível.

2. Flancos

Os flancos de borracha macia participam no conforto, ajudando no trabalho da suspensão, ajudam a suportar as flexões e protegem o pneu contra os choques que poderiam causar danos na carcaça, como pequenos choques contra o passeio, buracos, etc. Uma borracha dura assegura a ligação entre o pneu e a jante.
Nos flancos são encontradas todas as informações referentes ao pneu, como a data  de fabricação, tipo de construção, informações de carga e pressão máxima, país de origem, etc..

3. Aros de talão

Os aros de talão servem para fixar o pneu na jante e assegurar os esforços de aceleração e travagem, participam activamente na segurança do conjunto. Podem suportar até 1800 kg sem risco de ruptura.

4. A carcaça

A carcaça é uma estrutura formada por finos cabos de fibras têxteis dispostas em ângulos rectos e colados na borracha. Estes cabos são um elemento chave da estrutura do pneu e permitem-lhe resistir à pressão.

5.  Lonas de reforço

Feitas com cabos de aço muito finos, mas muito resistentes, são cruzadas obliquamente e coladas uma sobre a outra. O cruzamento dos seus fios com os da carcaça forma triângulos indeformáveis. Denominada triangulação, esta disposição assegura o enrijecimento da parte superior.
Estas lonas que cinturam a periferia do pneu têm uma função muito complexa:
-devem ser suficientemente rígidas no sentido circunferencial do pneu para não esticarem sob o efeito da força centrífuga, de maneira a controlar perfeitamente o diâmetro do pneu, quaisquer que sejam as condições de utilização.
- devem também ser rígidas transversalmente, para resistir aos esforços de deriva. Mas ao mesmo tempo, devem ser suficientemente flexíveis no sentido vertical para “absorver” as deformações causadas pelas variações de superfície e outros obstáculos.
Para fabricar estas lonas, o aço deve ser colado à borracha, algo muito difícil de se conseguir. A perfeita coesão entre estes materiais diferentes é absolutamente indidpensável.

6. Capa de borracha sintética

Uma capa de borracha sintética muito estanque ao ar.
Esta capa encontra-se no interior do pneu e funciona como câmara-de-ar.

 

 3. Classificação Topo

Os pneus para veículos de passageiros são normalmente classificados com base em três factores: desgaste do piso, aderência e resistência à temperatura.

 Uniform Tire Quality Grading System (UTQG)
À excepção dos pneus para a neve, as autoridades federais norte-americanas exigem que os fabricantes classifiquem os pneus dos veículos de passageiros com base em três factores: desgaste do piso, aderência e resistência à temperatura.

 
Desgaste do piso
Esta classificação mede a velocidade de desgaste do pneu, testado em condições controladas. 100 é considerado um padrão de qualidade básico. Um pneu com classificação de 200 desgastar-se-á num período de tempo duas vezes superior ao de um pneu com classificação de 100.  Nota: as classificações do desgaste do piso apenas são válidas para comparações dentro de uma linha de produtos do fabricante. Não são válidas para comparações entre fabricantes.

 Aderência
As classificações de aderência representam a capacidade do pneu parar em pavimento molhado. A classificação baseia-se em testes de travagem "em linha recta". Não indica a capacidade de aderência em curva. A-  Ideal B - Intermédia C - Aceitável

 Temperatura
A classificação da temperatura representa a resistência do pneu à geração de calor.

A-  Ideal

B - Intermédia

C - Aceitável 

Nota: A legislação europeia exige que todos os pneus cumpram, no mínimo, os requisitos da classificação C.

 

 4. Principais funções Topo

Capacidade de transportar carga, suspensão

Transmissão da força de propulsão do motor

Capacidade de travagem

Resposta às acções sobre o volante

Manter a direcção

Tracção em todos os terrenos (estrada, lama, pedras, rochas, areia, gelo, neve) 

Durabilidade e estabilidade dimensional

Aderência

Protecção lateral

Resistência a furos

 

5. Como ler um pneu Topo
   

Perfil Pneu Confort Auto

1 

Marca e modelo do Fabricante : CONFORT-AUTO.

2 

Dimensões :

- Largura: 95 (milimetros) ;
- Altura: 55 (Relação entre altura (H) e largura (S) da secção) ;
- Estrutura: R (Indica estrutura radial) ;
-Diâmetro: 15 (Diâmetro interno do pneu (aro) em polegadas).

3 

 

Indice de carga : 85 = 515 kg (carga máxima que permite suportar um pneu com a pressão correcta) . Tabela de índices de carga

4 

Código de Velocidade  H= 210 Km/h
 (indica a velocidade máxima que suporta o pneu) 
. Tabela de índice de velocidade

5 

Tipo de câmara: Pneu sem câmara (TUBELESS) ou com câmara (TUBE TYPE).

6 

Matrícula DOT (Departament of Transportation):   Indica estabelecimentos de produção e tipo de pneu.

7 

Semana e ano de fabricação do pneu.

 

Tabela de Índices de Velocidade

 

Índice de velocidadeVelocidade em kms/hÍndice de velocidadeVelocidade em kms/hÍndice de velocidadeVelocidade em kms/h
A15D65Q160
A210E70R170
A315F80S180
A420G90T190
A525J100U200
A630K110H210
A735L120V240
A840M130ZR>240
B50N140W270
C60P150Y300

 


Tabela de Índice de Carga 

 

Índice de cargaPeso em KgÍndice de cargaPeso em KgÍndice de cargaPeso em KgÍndice de cargaPeso em Kg
20805521879437101825
22855823680450102850
24855924381462103875
26906025082475104900
281006125783487105925
301066226584500106950
311096327285515107975
3311564280865301081000
3512165290875451091030
3712866300885601101060
4013667307895801111090
4114568315906001121120
4215069325916151131150
4416070335926301141180
4617071345936501151215
4717572355946701161250
4818073365956901171285
5019074375967101181320
5119575387977301191360
5220076400987501201400
532067741299775 
5421278425100800 
  

Esta web utiliza cookies. Para continuar a navegar tem que aceitar o uso de cookies. +info: Política de cookies de Confortauto